Como resolver a falta de Médicos do SNS

Exmos Senhores,

venho por este meio sugerir uma alteração à lei que vise ajudar a resolver a falta de médicos no SNS.

Tal como os militares da Força Aérea (pilotos) que após o seu curso têm de dar um X número de anos ao estado, e que caso pretendam ser desvinculados da carreira, têm de ressarcir o estado de acordo com o número de anos de vinculação em falta, os médicos, cujo curso é bastante dispendioso para o erário público, também devia ter de dar um x número de anos a tempo inteiro ou parcial ao estado, ou ressarcir o estado caso se queiram desvincular mais cedo.

É desmoralizador e economicamente inviável, que médicos recém licenciados iniciem as suas carreiras no estrangeiro ou no sistema privado, como acontece cada vez com mais frequência.

Já falei com médicos sobre esta situação e muitos deles compreendem e concordam com a implementação dessa regra ao iniciarem o seu curso.

Atenciosamente,

2024-02-20

Requisitos para condutires de plataformas TVDE'- conhecimento minimo da lingua portuguesa

Exmos Srs,

Atualmente as plataformas TVDE operam em Portugal, não estando em causa o direito de operação nessa atividade economica de transporte de pessoas, em seguranca, com rapidez e eficiência e a preços competitivos para os utilizadores. O facto, é que muitos condutores não falam português, num minimo aceitavel de entendimento mútuo, causando muitas vezes alguns incómodos entre condutor e utilizador.
Como é isso possivel? Existe ou deveria existir, pelo menos, um nivel minimo de conhecimento da lingua. Como é que esses cidadãos conseguiram a carta de condução portuguesa? Como conseguiram obter aprovação no curso TVDE que é em português? Como conseguem comunicar no caso de um acidente? Como conseguem se comunicar com o utilizador no caso de necessidade, por exemplo uma má disposição deste ?

Em suma, parece-nos existir aqui alguma inconsistência de regras e requisitos para o exercicio de uma atividade profissional que existe tratamento com o público que maioritariamente será português.

Sugere-se uma avaliação profunda e realista deste assunto entre as autoridades responsáveis, sendo este assunto merecedor de tratamento célere

Marcia Gomes

2024-02-20

Manifestação de elenentos das Forças de Segurança- não merecem reconhecimento?

Exmas autoridades responsáveis deste Pais e que têm responsabilidade na tutela destas forças,
É com um enirme desconforto enquanto cidadão que vejo homens e mulheres do meu País, demonstrarem desta forma o seu descontentamento perante um Pais que os não respeita. Pais esse, que tem tido uma classe governante que não tem levado a sério as justas reivindicações destes elementos.
É de lamentar, que não tenha havido um sinal solido e consistente da parte responsável perante cidadãos que nos servem e garantem a nossa segurança, valor indelével da nossa condição de cidadãos de um País democrático.
Haja coragem politica e governativa que permita um diálogo profícuo com estes elementos, buscando uma solucao que a esses elementos garanta dignidade, orgulho vontade de bem servir e motivacao permanente e inquebrantavel, a bem do País e de todos nós.
Sugiro uma profunda e Rápida reflexao e decisão

A bem de todos nós

Jorge Barros Gomes

2024-02-19

A morte de um herói russo: Alexei Navalny. Posrura de estados democráticos

Exmos Srs
O que se passa na Federação Russa afeta a Europa e os seus povos, e não só. Todo o Mundo está "pendurado " por um clima de ansiedade e intranquilidade. Em Estados democráticos o direito à oposição politica e ideológica deve ser, e é, permitido e saudável.
Morreu o opositor ao regime russo que até prova em contrário, e por força de um conjunto de antecedenres, alegadamente foi executado por esse sistema.
Cidadão esclarecido e defensor dos direitos de seu povo morreu num combate amordaçado.

Que o Parlamento português na forma achada adequada, bem como as restantes autoridades responsáveis tenham a coragem de levantar a voz por este Cidadão, agora morto, e que facam chegar às autoridades russas, a sua consternação e preocupação pela falta de respeito daquelas, perante quslquer oposição ao regime autocrático russo.
Promover igualmente uma iniciativa junto da UE que de forma pratica sancione o regime russo e sensibilize toda a comunidade internacional, alertando para o perigo desta guerra contra a Ucrania que parece nao ter fim.
Alexei Navalny merece reconhecimento dos povos democráticos
JMBG

2024-02-16