Portugal país em que os salarios nao acompanham o aumento da importancia do mesmo, em rankings internacionais

Muitos têm admitido que Portugal e um país de baixos salarios, de baixa qualificação dos trabalhadores, de baixa produtividade, entre outras qualificações. Ha tempo demais que isto e ouvido. Mas a pergunta que se impoe e, de wuem e a culpa a responsabilidade? Parece-me que o Estado e todas as entidades responsaveis que nele se incluem sao responsaveis. Nao se ter uma politica efetiva de crescimento, produtividade e vencimentos adequados e a causa desta situacao lamentavel. Os portugueses merecem mais. Seria de toda a conveniencia que este assunto fosse enfrentado com vontade de alcancar-se um ponto de equilibrio e prosperidade ha tanto tempo dificil de alcancar

JGomes

2021-05-09

Cimeira social no Porto, cidade que alberga dezenas de sem-abrigo. Consequencias sao necessarias.

É de facto contraditorio, que o ambito desta cimeira social que engloba pobreza, educacao e emprego jovem, se realize numa cidade em que os sem-abrigo cada vez sao mais. Dever-se-ia ter realizado uma conferencia nacional, antes desta cimeira, para mitigar e eliminar, de facto, as terriveis causas e consequencias desta dura realidade. Todos os cidadãos exigem medidas praticas reais e urgentes. Sugiro uma análise coerente e consequente para resolver um assunto que se arrasta ha tempo demasiado.

JGRibeiro

2021-05-09

Interioridade e esquecimento ou a maldicao de viver so?

Exmos Srs respinsaveis por legislar e executarem as medidas aprovadas,

Quem viaja pelo interior do nosso pais, de norte a sul, verifica que existe um deficit de populacao, vendo populacao envelhecida e fragil. Ninguem pode obrigar alguem a viver em determinada area ou regiao, mas deve o Estado promover e aplicar medidas e incentivos para que o despovoamento do interior deixe de ser uma dura realidade. Sugiro que com muita urgencia se aoroveite a bazuca do PRR, para com muito pragmatismo, incentivar a fixacao de pessoas no interior Belo do nosso pais, apontando'-se qualidade vida e sustentabilidade aos nossos compatriotas.

Responsavelmente,

JBG

2021-05-07

Cimeira socoal da UE- consequencias praticad e urgentes

Evento de alto nivel na UE e com presidencia portuguesa. Portugal ja deveria ter dado o exemplo com medidas concretas neste ambito, usando a presidencia portuguesa que esta prestes a terminar. Bem e preciso que medidas concretas, alcancaveis sejam aprovadas e postas em prática. Sugiro que os responsáveis nacionais com celeridade agilizem metas e caminhos para ultrapassat diferencas, minimizar efeitos negativos e proporcionarem qualidade de vida aos que dela necessitam.

MG

2021-05-07

Situacao de imugrantes em Odemira- e o Governo ja sabia ha muito tempo

Lamentavelmente fou dito por uma responsavel governativa, que a situacao ja era conhecida ha muito tempo. A pergunta que se impoe e, porque nada foi feito com antecedencia, evitando todos os transtornos aos imigrantes, aos municipes daquele concelho, aos proprietários do empreendimento para onde os imigrantes foram colocados? O Estado falhou. Sugiro que as autoridades responsáveis analisem profundamente o porquê de tais falhas de avaliação e monitorização em situacoes análogas, evitando-se todo o transtorno associado

Meus cumprimentos
JBG

2021-05-07

Não tenho direito a subsídio de férias e Natal?

Olá eu recebo Prestação Social de Inclusão + Complemento + 24 euros de RSI, que dá um total de 462 euros, que é o máximo dos apoios sociais.. Minha indignação é não receber os subsídios de Natal e férias.. eu preferia não receber os 24 euros de RSI e ter direito aos subsídios.. as pessoas na minha situação de reforma por invalidez psiquiatria devia ser tratado com mais atenção. Obrigado e tudo de bom para Assembleia da República.. Abraço

2021-05-04

PROIBIR APANHA DE GIESTAS (MAIOS)

PROIBIÇÃO TOTAL DA APANHA DE GIESTAS QUE SÃO DESTRUIDAS POR MILHARES DE PESSOAS EM MAIO E MATAM O ECOSSISTEMA

2021-04-30

Cartazes junto à Assembleia da República

Não se compreende como se deixa o partido Chega e uma associação de Polícias instalar cartazes de cunho político no Jardim lateral à Assembleia da República. Se não fosse por razões públicas bastaria o fato do edifício da Assembleia, tombado, interditar a presença de propaganda à sua volta. Conheço uma quinzena de países e nunca vi uma coisa dessas, uma humilhação para representação nacional. O que se aguarda para retirar aqueles cartazes dali?

2021-04-27

Plano de Recuperação e Resiliência - Medidas de Apoio ao Emprego.

No âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência e das respectivas Medidas de Apoio ao Emprego, sugiro a criação de legislação que implemente o Horário de 35 horas Semanais para todos os sectores, públicos e privados, como forma de incrementar a criação de novos postos de trabalho.
A redução das 40 para as 35 horas semanais seria compensada (total ou parcialmente) com fundos do referido PRR, na criação de novos postos de trabalho.
Exemplo:
- Uma empresa com 10 trabalhadores que cumprem 40 horas, totalizam 400 horas semanais;
- Com a redução para 35 horas, totalizariam 350 horas semanais;
- As 50 horas a menos, seriam compensadas com 2 novos postos de trabalho (70 horas);
- Os 2 novos postos de trabalho criados, seriam compensados (total ou parcialmente) com fundos do referido PRR.
Com esta medida seriam criados novos postos de trabalho, numa altura em que o desemprego aumentou consideravelmente, e seriam dadas melhores condições de trabalho aos trabalhadores já no activo, que teriam mais tempo, por exemplo, para se dedicar à Família, numa altura em que a Natalidade atinge os valores mais baixos dos últimos anos.
Os novos postos de trabalho criados seriam também um estímulo à Economia.

2021-04-27

Complexidade e as exigências do IFAP

Como é possível o IFAP exigir um contrato de comodato aos membros do casal para incluir no parcelário do outro membro as parcelas de terreno que se encontram registadas em nome do cônjuge. No IFAP disseram-me que tal exigência se deve por o casal poder estar em litígio conjugal ou em vias de separação.
E as terras que estão no nome de quem está a solicitar o subsídio não pertencem também ao cônjuge? É uma exigência absurda.
No IFAP não há simplex, mas julgo que dificultam e tornam os processos complexos e burocráticos, para gerar mal estar e revolta nas pessoas.
São estes maus exemplos que nos deixam desconfiados da opacidade dos serviços públicos e, infelizmente, contribui para burocratizar e envenenar o ambiente de quem lá trabalha e das associações.
ARP

2021-04-24